Boletim Semanal | nº 710 | 18/11/2021

Pessoas brancas ganham em média duas vezes mais do que as pessoas negras, aponta boletim

A quinta edição do "Boletim Desigualdade nas Metrópoles", publicada em outubro, incluiu um bloco complementar com dados relativos à desigualdade racial nas metrópoles brasileiras, apontando para uma situação de grande disparidade na distribuição dos rendimentos. Embora existam várias esferas afetadas pelas desigualdades raciais, a análise publicada no boletim se concentra na desigualdade de renda e nas diferenças existentes nas médias de rendimentos entre brancos e negros (pessoas que se autodeclaram pardas ou pretas). Os dados do estudo mostram que, em média, as pessoas brancas ganham duas vezes mais do que as pessoas negras. Segundo Marcelo Ribeiro (IPPUR/UFRJ), um dos coordenadores do boletim junto com André Salata (PUCRS), as desigualdades se apresentam de modo persistente ao longo da série histórica analisada, fato que pode decorrer da própria estrutura do mercado de trabalho. Confira!

A luta pelo direito à cidade no centro do debate político nacional 

No dia 05 de novembro foi realizada a 1ª plenária de organização do Encontro da Sociedade Brasileira pelo Direito à Cidade, iniciativa que visa recolocar a luta pelo direito à cidade no centro do debate político nacional. Diversas entidades e organizações da sociedade civil, assim como o Observatório das Metrópoles, já subscreveram a carta de convocação do encontro, que deverá ocorrer no primeiro semestre de 2022. O documento destaca o momento de sobreposição de crises e regressões do Brasil, apontando a necessidade de recolocar horizontes e desbloquear o futuro que hoje se encontra interditado. Conforme indica Orlando dos Santos Junior, pesquisador do Núcleo Rio de Janeiro, em 2022 teremos uma oportunidade ímpar de colocar a questão das cidades e as políticas urbanas no centro da agenda política do país.
Nós respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento acessando aqui.