Boletim Informativo | nº 648 | 27/08/2020

Cadernos Metrópole n.49 destaca as relações das dimensões macroeconômica e territorial

O novo número da Revista Cadernos Metrópole reúne artigos que identificam e explicam diferentes aspectos das relações entre as dimensões macroeconômica e territorial, seja ela metropolitana, regional ou local. Composta por dezessete artigos, sendo quatorze selecionados a partir de chamada temática e três complementares, a edição n.49 também é marcada por sua diversidade temática e multidisciplinaridade. Com organização de Gabriel Rossini (Universidade Federal do ABC) e Alexandre Abdal (Fundação Getúlio Vargas), o dossiê abriga discussões que evidenciam como os padrões e as tendências da economia global, da inserção internacional das economias nacionais, do desenvolvimento e do crescimento econômico nacional condicionam trajetórias, possibilidades e limites para o desenvolvimento dos diferentes territórios.

Tese analisa a autonomia relativa do Estado a partir do instrumento da Operação Urbana Consorciada

A multifacetada relação entre Estado e capital na elaboração de uma política de planejamento urbano é o tema abordado por Renato Barbosa Fontes, pesquisador do Núcleo Belo Horizonte, em sua tese "O Estado e sua autonomia relativa: a experiência de uma Operação Urbana Consorciada que não se concretizou". A partir do estudo de caso da Operação Urbana Consorciada (OUC) "Antônio Carlos – Pedro I/ Leste-Oeste" (2009-2016), a pesquisa investiga o papel da administração pública, dos interesses econômicos e da prefeitura e seu quadro técnico para compreender o longo e complexo histórico de negociação entre esses atores que culminou na interrupção da operação.
Nós respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento acessando aqui.